domingo, 14 de maio de 2017

Parabéns ao Benfica! Honra aos adversários!

   Este histórico tetracampeonato do Benfica foi a consagração da humildade, da união, da resistência e da competência individual e coletiva.  Rui Vitória, um dos grandes vencedores da época, com a nobreza de caráter que o distingue, não esqueceu todos os que, mesmo sem visibilidade pública, contribuíram para o sucesso. Este jogo com o Vitória de Guimarães foi o da consagração! Com uma exibição quase deslumbrante, inovadora - patente no 2º golo - jogadores e Técnicos quiseram presentear os seus adeptos e calar os críticos do "pé-coxinho"! Foi uma época atípica, em que a equipa encarnada foi sucessivamente fustigada com lesões na sua estrutura desportiva nuclear, em que o universo benfiquista, na figura dos seus líderes, foi sistematicamente provocado, enxovalhado, difamado, pelos que, conscientes da sua incapacidade de ganhar lealmente, fustigados pela inviabilidade financeira dos seus projetos, não hesitaram em adotar práticas incendiárias do ambiente desportivo, fomentando a conflitualidade sistemática, da qual, lamentavelmente, já resultaram mortos.  Foi a vitória de todos os atletas, titulares e não titulares, que, indiferentes à turbulência externa, mantiveram inquebrantável disciplina e concentração nos objetivos de cada momento e final. Mas, foi, sobretudo, a vitória do Presidente do Benfica que, mais uma vez, demonstrou visão estratégica eficaz e coragem para a levar a cabo, apesar de todas as resistências. E é isto que distingue os líderes! Parabéns Presidente Luís Filipe Vieira! Parabéns Benfica!
 
  

Sem comentários:

Enviar um comentário